Famosos

OS MASCARADOS MANTÊM A TRADIÇÃO DE REUNIR MILHARES DE FANTASIADOS

By  | 

Transforme-se. Como acontece há 19 anos, o circuito Barra-Ondina foi tomado por um mar de gente fantasiado na noite de quinta-dia, no primeiro dia do Carnaval oficial. Mais de 15 mil foliões aceitaram a proposta de se encontrar do bloco Os Mascarados, com uma nova identidade que se revelava em personagens irreverentes. E mais uma vez o bloco mais plural e divertido do Carnaval de Salvador promoveu um arrastão de foliõesmascarados, piratas, enfermeiras, caricatos, super-heróis, gladiadores, guerreiros, princesas, caricatas, bruxas, fadas, ou seja, o personagem do sonho de cada um.

HOMENAGEM A MARGARETH MENEZES

Um dos momentos mais emocionantes da noite foi o encontro de Margareth Menezescom o bloco que comandou por 10 anos. A cantora, que se apresentava na Casa Skol, foi homenageada pelo bloco. Os foliões foram ao delírio com Margareth cantando o “hino do bloco” A Noite dos Mascarados e Dandalunda, acompanhada pela Banda Mascarados. O encontro levou muitos fãs do bloco a sonhar em novas parcerias da cantora com Os Mascarados, que prepara uma grande festa para comemorar 20 anos em 2019.

LINIKER E SANDRA DE SÁ

Este ano, a banda comando do vocalista Maurício Silveira e a direção do maestro Luciano Silva, contou com a participação especial de Liniker e Sandra de Sá.  O casal de atores Érico Brás e Kênia Maria foram coroados o rei e a rainha dos Mascarados. Em todo circuito, o bloco foi muito aplaudido pelo público nos camarotes, nas varandas e janelas dos prédios

Neste Carnaval, os Mascarados contaram com o apoio da Prefeitura Municipal de Salvador e, mais uma vez, abraçou a Campanha da Aids, em parceria com a Secretaria da Saúde e Ministério da Saúde, e a Campanha Respeite as Mina, de enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, através da Secretaria de Política para Mulheres do Governo Estado da Bahia.

CANTORES E REIS

Os cantores convidados Liniker e Sandra de Sá seguiram a tradição de se juntar a Banda Mascarados na missão de comandar o bloco no clima alegre e descontraído. Um repertório eclético, misturando todos os gêneros musicais, inspira o folião a brincar, dançar e sonhar. Na história de Os Mascarados, vários cantores já dividiram os vocais com a Banda Mascarados, entre eles, Márcia Castro, Gaby Amarantos, Maria Gadu, Magary Lord, Preta Gil, Márcia Freire, Márcia Castro, Margareth Menezes, Edson Cordeiro, Sandra de Sá, Elba Ramalho e Lenine.

Dirigida por Luciano Silva e comandada Maurício Silveira, a Banda Mascarados se destaca com seus instrumentos tradicionais que marcam a sua sonoridade, como o naipe de sopro, que caracteriza os carnavais antigos. “

Desde que montamos a Banda Mascarados, ela recebe cantores diferentes a cada ano, ganhamos essa possibilidade de entrar em contato com toda a diversidade da música brasileira e trazê-la para o Carnaval, que é um exemplo de mistura democrática da Cultura”, conta Luciano Silva. Ele acrescenta que “fazer releituras dos sucessos desses artistas tem sido uma grata surpresa, como será com Liniker e Sandra de Sá”.

O casal de atores Érico Brás e Kênia Maria vai reinar no Bloco Os Mascarados no Carnaval 2018. A coroa do reino da folia e da alegria de Os Mascarados já passou por muitas cabeças famosas, entre elas Astrid Fontenelle, Luís Miranda, José Simão, Preta Gil, Luana Piovani, Marisa Orth, Fernando Guerreiro, Rita Batista e Paulinho Boca de Cantor, Licia Fabio, Zebrinha, Maurício Magalhães, Adriane Galisteu, Fabio Lago, Isabel Filardis e Paulo Borges.

MASCARADOS 19 ANOS 

Há 19 anos, Os Mascarados surgiam no Carnaval da Bahia para fazer a diferença no meio de milhares de abadás que tomavam conta dos circuitos da folia. Um bloco gratuito, com uma trajetória de sucesso em resgatar a alegria e a forma lúdica de se divertir fantasiado, que o consolidou como o mais plural e alegórico do Carnaval de Salvador.

O bloco Os Mascarados nasceu, em 1999, do apelo popular e também através de um convite da Prefeitura Municipal do Salvador para comemorar o aniversário de 450 anos da cidade. A ideia era apresentar uma proposta diferente, que resgatasse as alegorias dos antigos carnavais. Já na primeira edição, o desfile de Os Mascarados foi um grande sucesso e, desde então, vem conquistando mais foliões.

A partir de 2009, Os Mascarados continuou a desfiar no Circuito Dodô com toda sua infraestrutura de segurança e cordas, sendo a fantasia a única obrigatoriedade para a diversão.  Lá você é amigo do rei ou o próprio rei ou rainha. Pode ser um super-herói ou vilão, político ou simplesmente uma enfermeira, médico, bombeiro. Seja o que você quiser!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.